Aprenda tudo que você quiser sobre finanças ou investimentos aqui no Blog da Ticker!

O que é inflação?

Inflação: o que é e como te afeta?

Segundo o Banco Central, é o aumento generalizado dos preços de bens e serviços. Assim, a inflação aumenta o custo de vida dos brasileiros e diminui o poder de compra da moeda, visto que, é necessário maior quantidade de dinheiro para trocar pelos mesmos bens ou serviços.

Na prática, o lugar que é mais visível o impacto da inflação é no supermercado, basta nos lembrarmos que alguns anos atrás com R$ 100,00 em compras, nosso carrinho ficava mais cheio do que hoje em dia.

Quer se proteger da inflação? Venha conferir nosso Plano Gold e descubra os melhores investimentos que irão proteger seu dinheiro.

O que causa a inflação?

Agora que já conhecemos sua definição, vamos entender seus agentes causadores:

  • Aumento da Demanda:

Quando muitas pessoas ficam interessadas por algum produto e sua quantidade disponível (oferta) não consegue atender a todos, o preço do produto tende a aumentar para ajustar com a Demanda.

  • Diminuição da Oferta:

Quando acontece uma diminuição de produtos oferecidos, seja por aumento no custo do produto ou algum imprevisto do processo de fabricação. Desta forma, acontece o aumento do preço de venda para cobrir os gastos gerados.

  • Emissão de papel-moeda:

Algumas ações do governo também causam impacto na inflação, como por exemplo quando eles injetam mais dinheiro no país. Neste caso, existe mais dinheiro em circulação e, portanto, mais pessoas dispostas a comprar o produto, aumentando a Demanda repentinamente e por conseguinte, o preço dos produtos

  • Diminuição da Taxa de Juros:

Quando o Banco Central diminui a Taxa Selic (hiperlink), os empréstimos bancários ficam mais baratos. Com isso, mais brasileiros pegam empréstimos e mais dinheiro entra em circulação, estimulando o consumo e a produção. No longo prazo, acontece o aumento da demanda e assim, o aumento dos preços.

Quais são os principais indicadores de inflação no país?

Os principais indicadores de inflação no país são o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M)

No Brasil, o índice mais famoso é o IPCA, pois ele determina a inflação de produtos e serviços do varejo consumidos por famílias que recebem de 1 a 40 salários mínimos e leva em conta os valores de uma cesta de produtos e serviços consumidos pela população. Nesta cesta, existe produtos de alimentação, vestuário, saúde, educação, transporte, comunicação, entre outros.

Este índice é calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e os pesquisadores do instituto entrevistam as famílias regularmente para saber onde e o que compram, com o intuito de chegar o mais próximo possível da realidade do consumidor amplo.

Já o INPC, calcula a variação de bens e serviços consumidos por famílias que recebem de 1 a 5 salários mínimos, uma parte da sociedade de renda mais baixa e, portanto, mais sensível ao aumento de preços dos itens básicos.

O instituto responsável por realizar a pesquisar e o cálculo dessa métrica, também é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IGP-M, é realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem por finalidade calcular a variação de preço nos bens e serviços, bem como de matérias-primas utilizadas na produção agrícola, industrial e construção civil.

Este índice se popularizou por se tratar do referencial utilizado no setor imobiliário e também é o indexador utilizado por empresas de telefonia e de energia elétrica.

A Taxa Selic é a base de juros da economia e ela afeta todo o comportamento dos brasileiros.
Quando a Taxa Selic aumenta, todos os juros aumentam junto e, portanto, fica menos atrativo pegar empréstimos em bancos e fica mais atrativo investir. Desta forma, desestimula o consumo dos brasileiros, fazendo a demanda pelos produtos diminuir e assim, impedindo que os preços continuem subindo.

Se você gostou desse artigo e quer continuar recebendo mais conteúdo sobre finanças e investimentos, nos siga nas principais redes sociais:

YouTube

Instagram

Compartilhe esse Artigo:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Continue lendo:

Assinatura Gold

Tenha acesso as carteiras recomendadas da Ticker!
R$ 59,90 (valor mensal)
  • Análises completas de dezenas de ativos
  • Carteiras recomendadas
  • Suporte via WhatsApp

Queremos transformar qualquer pessoa em investidor e tornar a vida de todo investidor mais fácil.

A Ticker Research é o seu portal de informações e análises sobre Fundos Imobiliários, Ações, Fundos de Investimentos, Criptomoedas e muito mais!